segunda-feira, 11 de abril de 2011


Sinto-me um pouco triste, sinto-me mal, sinto-me um pouco no fundo. Também sinto receio e medo, e derivado a isso encontro-me num estado de angustia e, de certa forma, infelicidade. Quero expressar-me contigo, quero dizer-te tudo o que estou a sentir, quero correr para ti e quero que me abraces e me reconfortes, quero que me prometas tudo outra vez, quero que me digas tudo outra vez, quero que me relembres novamente de tudo. Quero dizer-te tudo isso mas por outro lado não consigo… Não consigo pois não quero estragar o teu estado de felicidade, não consigo pois não quero ver-te triste nem te quero chatear com nada disto. Sabes que eu só te quero ver bem, sabes que eu faço tudo por ti sem nunca hesitar, minha pequenina. Eu quero ficar a teu lado para sempre, eu não quero estar um segundo sequer longe de ti, não quero! Foste e és tão forte por teres ultrapassado tudo aquilo sempre de cabeça erguida, por não teres ido abaixo e por teres continuado sempre em frente, e sabes que te admiro por isso, admiro-te e tenho imenso orgulho em ti. Mas eu não sou como tu, eu não tenho essa tua enorme força, essa tua enorme capacidade em manter-se sempre de cabeça erguida, aliás, quem me dá força és tu pois eu não a tenho. Acredita que sinto que as minhas forças já estão mesmo no fim, estão mesmo amor. E sabes uma coisa? Creio que esta é a altura em que preciso de ti mais do que nunca (e eu sei que tu estás cá para mim), mas por alguma razão tenho receio em dizer-te isto directamente.
Mas sim, preciso de ti como nunca precisei de ninguém, melhor amiga.

Amo-te, juro!

4 comentários:

joanarocha disse...

força!

Francisca Cid disse...

Está mesmo bonito!
Deixo-te o link da página oficial do meu blog: http://www.facebook.com/pages/Vou-Contar-te-Um-Segredo/185569908149177
Beijo

Jane Mariah disse...

Está lindo*

Marianaa disse...

estou aqui para T-U-D-O !
SEMPRE ! amo-teeee minha melhor amiga <3